Como reduzir o sotaque brasileiro?

Como reduzir o sotaque brasileiro?

Você já deve ter tido a experiência de conversar com estrangeiros no Brasil que faziam um esforço pra se comunicar, não é verdade? Você sabe do que eu tô falando, não sabe? Pois é. São momentos em que você tem que fazer aquele esforço extra e ter um pouco de boa vontade (e respeito) para compreender o que diz aquele turista estrangeiro “numa batalha linguística” para dizer algumas frases, por mais básicas que sejam.

E aí é que tá a questão. Mesmo que as estruturas sintáticas e vocabulário sejam básicos, se a pronúncia for muito desviante daquela que produziria um falante nativo do idioma, a compreensão do conteúdo vai pro espaço.

 

 

Nossa proposta à questão do sotaque

Então, que fique clara a nossa proposta: como “usuários” do idioma estrangeiro, devemos buscar não falar igual a um nativo, mas ter a fala nativa como modelo e procurar imitá-la, tentando sempre nos aproximarmos o máximo possível daquele modelo. Assim seremos mais facilmente compreendidos por outras pessoas que também falam aquela língua, nativos ou não.

 

É aí que entra o papel do material multimídia disponível para nós hoje em dia – principalmente na Internet. Façamos uso adequado e eficaz desse material. Podemos recorrer a material audiovisual de palestras, clips, comerciais, programas de rádio através de podcasts, entre outros que estão ao nosso dispor. Você pode conferir algumas dicas de filmes diretamente da nossa equipe, é só clicar aqui.

 

Devemos, sempre que possível, ouvir e imitar esses sons no idioma que se pretende falar. Façamos como crianças quando aprendem a falar a primeira língua, ouvindo e falando, sempre tentando imitar as falas que capturam ao redor. Quanto mais prática, mais eficácia de pronúncia e de comunicação. Afinal, não é isso que desejamos, nos tornar comunicadores eficazes?

 

Então, fica a dica para você começar a praticar já: listen and repeat, over and over!

Deborah Carneiro
No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website