GlobEducar e um mundo de oportunidades para você

Blog

GlobEducar e um mundo de oportunidades para você

Nesta terça-feira, 23 de fevereiro de 2016, o Jornal do Commercio destacou em sua versão impressa o Centro GlobEducar na ABA Global Education, um centro voltado para orientação de estudos e carreira no exterior.

O GlobEducar da ABA está de portas abertas para oferecer um mundo de oportunidades!

A seguir é reproduzida a matéria completa, destacando os pontos em que a ABA é citada diretamente.

GlobEducar

Estamos na era em que empresas e nações se diferenciam cada vez mais pela inovação. Inovação é o impulsionador da economia do mundo globalizado, alavanca o crescimento sustentável de renda per capita. Há vários fatores que inibem o processo de inovação: o sistema educacional de baixa qualidade, o domínio restrito da língua inglesa, as políticas governamentais arcaicas e o reduzido universo de empresas com centros de pesquisa no País.

É uma lástima, mas a decadência do sistema de ensino básico brasileiro é fato. O País ocupa a 57a posição entre as 65 nações avaliadas no PISA/OECD (Programa Internacional de Avaliação do Ensino, Médio). Segundo dados do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), o Brasil pontua 3,7 para o ensino médio (escolas públicas e privadas numa escala de 0-10).

Ranking das melhores universidades do mundoNo ensino superior, o cenário mostra-se pior. Não temos nenhuma universidade entre as 200 melhores do mundo, enquanto os EUA possuem 60, de acordo com a Times Higher Education. Faltam recursos de toda natureza, e as nossas universidades não são capazes de atrair os melhores cérebros do mundo.

Ao reconhecer a dificuldade em imprimir qualidade em todo o sistema educacional, Coréia do Sul, China, Cingapura, entre outros países, resolveram priorizar o ensino básico, que está entre os melhores do mundo. A China participa desse ranking com quatro províncias, mas Xangai, que possui uma população com 20 milhões de habitantes, tem o melhor sistema de educação do ensino básico do mundo.

Harvard UniversityNo quesito ensino superior, China e Xangai optaram por estimular seus jovens a estudar nos EUA, na Inglaterra, no Canadá e na Austrália, que têm as melhores universidades do mundo. Em 2014, a China possuía 275 mil jovens nas universidades americanas, já o Brasil, cerca de 14 mil. Os EUA são o destino número um para os estudantes que procuram educação de nível superior. Em 2014, cerca de três mil instituições de ensino superior receberam 900 mil estudantes de mais de 200 países. Os universitários têm também opções de programas de estágio e voluntariado.

Há também os International Scholars, ou seja, pesquisadores e acadêmicos que frequentam instituições e desenvolvem (a maioria) pesquisas colaborativas, proporcionando transferência de conhecimento através das fronteiras. Apenas nos EUA, havia cerca de 122 mil scholars, em 2014. Para os profissionais, as opções se ampliam para programas de aperfeiçoamento nas áreas de atuação e programas para executivos.

Estudar no exterior é um componente enriquecedor de qualquer programa educacional e transforma a visão do mundo do aluno. As universidades dos países desenvolvidos atraem estudantes de todos os continentes e possibilitam um grande aprendizado multicultural. As oportunidades para o ensino superior, inclusive com bolsas de estudo, podem ser encontradas em organizações que representam países, como o British Council (Reino Unido), o CCBA (Alemanha) e a ABA Global Education, representante da rede EducationUSA, que orienta e prepara para estudos nos EUA. A rede possui mais de 400 escritórios no mundo.

ABA GlobEducarNessas instituições, os alunos e profissionais podem fazer os testes exigidos para admissão em universidades internacionais, assim como certificações internacionais a exemplos do Project Management Institute (PMI), Green Building Certification Institute (GBCI) ou outras nas áreas de finanças, contabilidade, recursos humanos, etc. Quando o assunto é trabalho, constata-se a cada dia a entrada de empresas internacionais em Pernambuco e pelo Brasil, criando-se oportunidades em que o profissional pode até iniciar sua carreira localmente, mas esta pode ganhar uma dimensão mundial.

Consciente dessa realidade, algumas dessas instituições complementam os serviços de educação no exterior, com a orientação e preparação do aluno e o profissional para ser bem sucedidos na sua busca de oportunidades de trabalho no mundo. A orientação pode ser para emprego, voluntariado, fellowship, estágio e até empreendedorismo. Com esses serviços, cria-se um verdadeiro GlobEducar, centro para orientação e preparação para estudo e carreira internacional, conectando a comunidade pernambucana/nordestina com um mundo de oportunidades.

ABA Admin

ABA Global Education é um centro educacional com serviços de ensino de idiomas, escola infantil e fundamental, orientação para estudos e carreira no exterior, escola de habilidades do século 21, laboratórios maker e de fabricação digital, treinamento para educadores e gestores, e centro de eventos para negócios.

No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website