Studio Schools: modelo educacional para o mundo do trabalho

Blog

Studio Schools: modelo educacional para o mundo do trabalho

Studio Schools: modelo educacional para o mundo do trabalho

Eduardo CarvalhoDiretor da ABA Global Education

Através da rede de contatos que criei ao fazer parte do grupo de Advanced Leadership fellows da Universidade de Harvard, tomei conhecimento de um projeto educacional revolucionário, o Studio Schools Trust, que o governo britânico criou com apoio de empresários, incluindo a Câmara de Comércio Britânica. Educadores e empresários britânicos concluíram que as escolas secundárias não preparavam seus alunos para o mundo do trabalho. Incomodados, contrataram consultores para pesquisar sobre o assunto, e como resultado desenvolveram um processo denominado de “CREATE” (Communication, Relating to others, Enterprise, Applied, Thinking, Emotional intelligence).

Para atingir o objetivo desejado, esse processo precisa do apoio de rede de empresas que demonstrem interesse em ter pessoal mais qualificado para os seus propósitos. Processo semelhante ocorre em outros países, a exemplo dos Estados Unidos, em que grupos de empresários, educadores e pesquisadores criaram o modelo de %u201C21st century skills%u201D, motivando as escolas secundárias a implantá-lo.Por aqui, aprendemos sobre o modelo “21st century skills” e integramos o desenvolvimento dessas habilidades ao desenvolvimento linguístico no processo de aprendizado de Inglês. Trata-se de uma inovação no Brasil e por isso temos tido oportunidade de expor a implantação dessas habilidades no currículo da ABA em conferências nacionais e internacionais.

Após algumas interações com o diretor geral da Studio Schools trust, concluímos que o modelo britânico está num estágio mais avançado e agrega mais valores do que o modelo americano. Após visita do dirigente ao Recife, fui convidado a expor nosso trabalho numa conferência anual em Manchester/Media City. Na oportunidade, visitei centros da Studio Schools nas cidades de Manchester, Warrington e Liverpool e participei de painéis com todos os diretores das 50 escolas da rede Studio school, que cresce a olhos vistos.

Em 2015, mais nove escolas terão centros da Studio Schools, e já há uma lista de candidatos para 2016.Ao apresentar o nosso projeto, que tem como princípio criar comunidades de cidadãos, líderes e empreendedores globais, os diretores das Studio Schools constataram que o modelo que eles criaram não contemplava o conceito de %u201CGlobal education”. Concluíram, então, que precisariam agregar esse princípio, considerando o processo de globalização intenso pelo qual passam as empresas, e contarão com a assessoria da ABA.

A conferência da Studio Schools Trust contou com a participação do Ministro de Educação da Inglaterra, representantes de comissões educacionais do governo britânico, presidente da Câmara Britânica do Comércio e diretores das escolas secundárias britânicas.Fomos a única instituição internacional convidada para esse evento e seremos o primeiro centro Internacional da rede no mundo. Através da ABA o modelo poderá ser expandido no Brasil e, certamente, trará ganhos de competitividade ao país.

Print Friendly, PDF & Email
ABA Global Education

ABA Global Education é um centro educacional com serviços de ensino de idiomas, escola infantil e fundamental, orientação para estudos e carreira no exterior, escola de habilidades do século 21, laboratórios maker e de fabricação digital, treinamento para educadores e gestores, e centro de eventos para negócios.

No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website